REVIEW | O Homem do Coração de Ferro (2017)

Esta semana chega às salas o mais recente trabalho do realizador Cédric Jimenez. O Homem do Coração de Ferro é um drama histórico, passado durante a Segunda Guerra Mundial, que tem por base a história de Reinhard Heydrich. Ao mesmo tempo, acompanhamos a história dos soldados da resistência Checa que conduziram a operação que levou ao seu assassinato. Com um elenco de luxo, e uma realização soberba, é um filme a não perder. 

Estamos em 1942, no pico do Terceiro Reich. A resistência Checa em Londres planeia uma das mais ambiciosas operações militares da Segunda Grande Guerra - a operação Anthropoid. Dois soldados (Jack O'Connell e Jack Reynor) são enviados para Praga, com o objectivo de assassinar Reinhard Heydrich (Jason Clarke), um general Nazi líder da SS, da Gestapo e arquitecto da Solução Final - a operação que levou ao genocídio de milhões de judeus em prol da purificação da raça. 

Para aqueles de vós mais curiosos, há imensa informação sobre este tema, e inclusive em 2016 foi lançado o filme Anthropoid (com Cillian Murphy, Jamie Dornan e Toby Jones), exactamente sobre esta operação. No entanto, em O Homem do Coração de Ferro podemos ver mais que apenas esta operação militar, sendo o objectivo primordial conhecer o homem, e o que levou à criação de uma operação para pôr fim à sua vida. 

Trocando isto por miúdos, neste filme podemos ver de uma forma muito original um retrato daquilo que foi a vida de Heydrich. Um general da marinha alemã, que viu a sua carreira desabar por um caso amoroso, e a introdução ao partido Nazi através da sua esposa Lina Heydrich (Rosamund Pike). Acompanhamos a ascenção de Reinhard no partido, que atraiu a atenção de Himmler (aqui interpretado por Stephen Graham) e até do próprio Hitler - tornando-o um dos cérebros mais perigosos da Alemanha Nazi. A sua obsessão pela purificação da raça foi o que o levou a criar a Solução Final (que envolvia a criação de inúmeros campos de concentração para o extermínio dos "impuros"). 

Posta esta pequena lição de história, vamos ao que realmente interessa. Além de estarmos perante um filme extremamente interessante (e, até onde consigo perceber, fiel a factos históricos) e que satisfaz e desperta a curiosidade no espectador, há outros factores a ter em conta. À parte a originalidade na construção do argumento que já referi acima, em que a primeira parte do filme desenvolve a um ritmo mais lento dando prioridade ao desenvolvimento das personagens, mudando o ritmo por completo na segunda parte da história contada do ponto de vista da resistência, temos um elenco espectacular que ajuda nesta construção

Para começar, temos a fabulosa Rosamund Pike - cuja personagem podia ter sido mais explorada - no papel de Lina Heydrich. A dada altura no filme, a personagem parece ter ficado esquecida, no entanto tal é perfeitamente justificável com o rumo que o filme tomou. Jason Clarke como Heydrich não tem nada a apontar - parece um nazi e fala como um, muito embora alguns críticos defendam que não tem assim tantas parecenças físicas com o verdadeiro Reinhard. Por fim, Jack O'Connell e Mia Wasikowska. Já o conhecíamos de filmes como Invencível, e embora aqui só apareça na segunda metade do filme, a sua interpretação não fica aquém da expectativa. Mia Wasikowska surge como o seu interesse amoroso, num papel mais pequeno e também sem nada a apontar. 

Com uma abordagem crua sobre a vida e a guerra, a soma de todas as partes em O Homem do Coração de Ferro resulta em mais que um momento de entertenimento, sendo um filme altamente informativo e capaz de provocar, além de curiosidade, momentos de grande emoção no espectador. 


4 comentários:

Natara Denardi (Na Pelo Mundo) disse...

Adoro filmes sobre essa época, o último que vi “Jardim da Esperança” deixou-me em lágrimas!!!
Muito boa review, continua o bom trabalho

Inês Retorta disse...

Esse é o The Zookeeper's Wife ? Ainda não vi. Este é pesadote, mas muy bueno. OBRIGADA !

Daniela Santos disse...

Gosto imenso de ver filmes sobre esta época, mas ao mesmo tempo choca-me! Adorei a review :)

Beijinhos,
DEZASSETE | INSTAGRAM

Clippyou disse...

Tudo o que está relacionado com guerra e tempos antigos fascina-nos! Adoramos toda a rewiew e este será um filme a adicionar à nossa lista!

Com tecnologia do Blogger.