REVIEW | Baby Driver (2017)

outubro 04, 2017
Edgar Wright não é nenhum desconhecido no mundo cinéfilo. Depois de filmes como Shaun Of The Dead e Scott Pilgrim vs. The World, é com imenso prazer que assistimos ao seu regresso ao grande écran com este (fabuloso) Baby Driver. Com um elenco de luxo e uma banda sonora de chorar por mais, este é mais um dos melhores filmes que podem ver em 2017. 

Baby (Ansel Elgort) é um jovem condutor muito experiente, com um pequeno problema de audição. Mas, com a música certa, torna-se no aliado perfeito para qualquer fuga de automóvel - um talento do qual tem de fazer uso enquanto servir Doc (Kevin Spacey). Doc é um chefe de crimes organizados, especializado em assaltos altamente meticulosos, trabalhos estes em que o papel de Baby é altamente valorizado. Ao pagar a sua dívida para com Doc, Baby acredita ter-se livrado da sua vida de crime, podendo desfrutar da sua vida com Deborah (Lily James). No entanto, vê-se coagido por Doc a participar em mais um assalto - que pode por em risco a sua vida e a daqueles que ama. 

Começando por falar do óbvio - já olharam bem para este elenco? Não, a sério. Até podemos contar com Jamie Foxx em algumas cenas. Mas vamos ao que realmente interessa ressalvar neste elenco. Apesar de novato, Ansel Elgort já tem vindo a dar cartas no mundo do cinema, especialmente depois de brilhar em A Culpa É das Estrelas. Ainda sem nenhum filme do género no currículo, o jovem actor não vacila em momento algum, entregando uma performance soberba e extremamente credível - completando eficazmente o restante elenco e destacando-se de igual forma.

Já a história, essa, tem muito que se lhe diga. Wright oferece-nos um argumento repleto de acção, que mesmo com todos os stunts nunca se torna obsoleto. Tem o seu qB de romance, de acção e de entusiasmo - numa receita altamente equilibrada que funciona quando somada ao elenco e à banda sonora. 

No meio de um argumento muito sólido, deparamo-nos com um filme excitante, cheio de estilo e uma banda sonora fantástica - para não falar do elenco e da prova que, uma vez mais, Ansel Elgort é um actor a ter em conta. Baby Driver é um luxo cinematográfico e, talvez, um dos melhores filmes do ano. 


5 comentários:

Catarina Sofia disse...

Tenho esse filme para assistir! :D

Carla Marques da Silva disse...

Este filme ainda não vi, fica na minha lista de filmes a ver :)

Beijinhos e bom feriado <3
https://demantanosofa.blogspot.pt/

Vera Marques disse...

Já tinha visto o trailer e ficado curiosa, mas agora fiquei ainda mais!
Beijinhos

http://averamarques.blogspot.com

Universo da Marta disse...

Já quero ver, principalmente porque o Ansel Elgort faz parte do elenco :D
Beijinhos
http://universodamarta.blogspot.pt

Miguel Oliveira disse...

O desempenho do Ansel está espetacular, é pena ter aquele cliché da dama em apuros

Com tecnologia do Blogger.