FESTIVAIS | MOTELx Arranca em Grande

Começou ontem o MOTELx, e não podia ter aberto as "hostilidades" de melhor forma. Com a inauguração da exposição Os Labirintos de Edgar Allen Poe e a exibição do filme Super Dark Times, o festival prova uma vez mais que Lisboa é mesmo onde o terror é bem-vindo.

Sete da tarde e a casa já está bem composta. Muitas são as pessoas que se reúnem no foyer do Cinema São Jorge, o palco principal do evento, na esperança de conseguir o seu bilhete para assistir a esta sessão de abertura - que rapidamente ficou esgotada. O MOTELx prometeu-nos uma inauguração em grande e não desiludiu.

Mais tarde, aparecem os famosos diabos de Vinhais, este ano imagem do festival escolhida a dedo com base numa muito antiga (e algo assustadora) tradição portuguesa. Pudémos também passar pelo security check da EasyJet - o patrocinador principal do festival - que nos dizia se tínhamos ou não o terror dentro de nós.

Vários foram os entretenimentos e actividades até chegar a tão aguardada hora da sessão. Numa sala Manoel de Oliveira cheia, os directores do festival apresentaram brevemente o programa do festival, sem esquecer de prestar a devida homenagem a Tobe Hooper e George A. Romero, dois mestres do terror já convidados do festival e que nos deixaram demasiado cedo. Foram igualmente apresentados os filmes a concurso pelo prémio MOTELx (tanto curtas como longas), e fomos presenteados com breves palavras de Carlão, Rogério Samora e Kim Newman, alguns dos jurados.


Por fim, a honra de ouvir um pequeno discurso de Roger Corman, um dos dois convidados do festival para a secção Culto dos Mestres Vivos, que veio reforçar a importância do MOTELx no panorama internacional do cinema fantástico e de terror.



Depois de ouvirmos ainda o Secretário de Estado da Cultura, que nos falou brevemente sobre a imaginação e a sua relevância, foi finalmente tempo de assistir à curta-metragem 20.02.80 e ao filme Super Dark Times. Sobre estes, para já não adianto mais, mas podemos sem dúvida concluir que o MOTELx começa em beleza, cumprindo uma vez mais a promessa que Lisboa é de facto onde o terror é bem-vindo.


(Podem acompanhar toda a presença do blog no MOTELx através do Twitter, Instagram e Facebook)

2 comentários:

Anónimo disse...

Nossa, que interessante um festival que valoriza os mestres do terror. Eu adoro esse tipo de filme e alan poe é o cara mesmo. Nao sabia desse festival ate achar seus comentários! Bjs

Inês Retorta disse...

É um dos melhores festivais de cinema em Portugal !

Com tecnologia do Blogger.