REVIEW | Um Vizinho Insuspeito (2015)

Com uma banda sonora adequada, clichés à medida e um elenco longe de ser de luxo mas ainda assim bom, Um Vizinho Insuspeito é o thriller de entertenimento por excelência. O filme protagonizado por Jennifer Lopez e Ryan Guzman, traz-nos à vida de Claire Peterson, uma professora de literatura que sofre com o divórcio prestes a acontecer e que conhece Noah Sandborn - o jovem e atraente vizinho do lado que desenvolve uma especial obsessão por Claire. 

A história desenrola-se a um ritmo frenético, mas nem por isso deixamos de notar os mais variados clichés do filme de suspense. Desde luzes apagadas, a corpos escondidos em armários, à própria relação entre Claire e Noah - de clichés está o filme cheio, e apesar de ser um excelente momento de entretenimento, a falta de originalidade faz perder pontos em larga escala. No entanto, a prestação tanto de Jennifer Lopez, como de Ryan Guzman vem equilibrar a balança. 

Jennifer Lopez é já conhecida de filmes como A Cela, Basta ou Encontro em Manhattan, tendo sido por duas vezes indicada a um Razzie de Pior Actriz. No entanto, diversas prestações de Lopez levam a crer que a cantora e actriz não é tão má quanto aparenta. A sua interpretação de Claire Peterson é altamente credível, e pegando na cena mais sensual entre Claire e Noah... Bem, foi realmente sensual, e um dos momentos mais altos do filme. Quanto a Ryan Guzman, o jovem actor que nos é conhecido de Pequenas Mentirosas, traz quase a perfeição ao louco obcecado que é Noah Sandborn. 

Mas desengane-se o espectador que pensa que duas boas performances fazem deste filme o thriller mais fantástico de 2015 - na verdade, apesar das boas prestações e de um argumento razoável, o filme perde pelos clichés cinematográficos que revelam uma grande falta de originalidade. Um Vizinho Insuspeito é assim entretenimento puro para uma tarde de sábado. 


Com tecnologia do Blogger.